Feed Rodolfo Escritor

sábado, 14 de janeiro de 2012

Vida de Solteiro


Segundo uma pesquisa divulgada pelo IBOPE em março de 2011 (as coisas podem ter piorado de lá para cá!), um terço da população brasileira adulta é solteira (e você se pergunta: com desse tanto de gente, como é que eu estou solteiro?). Essa porcentagem equivale a mais ou menos 17,1 milhões de “sem ninguém” no país inteiro. Para completar os 100%, temos 51% casados ou morando juntos, 15% divorciados e 3% viúvos.

Mas porque que eu comecei o texto com uma pesquisa do IBOPE? É claro que é para arrecadar um pouquinho de moral para um texto tão ruim como esse (complexo de inferioridade 0%). Mas calma! Nem tudo está perdido.

É o seguinte: o que quero deixar aqui é um desabafo em nome de todos os solteiros, todos aqueles que vivem todos os dias sem ter um alguém ao seu lado (perfil romântico); livres, leves e soltos (perfil liberal) e aqueles que não estão nem sentindo falta de um(a) companheiro(a) porque tem o videogame e o computador (perfil nerd).

Cá para nós, oh desgraça é ser solteiro!!! (risos). Pô meu, é sério! Já parou para analisar que justo os solteiros são os mais perseguidos? Veja os exemplos a seguir e tire suas próprias conclusões.

Todo mundo sabe que o solteiro é solteiro, mas ninguém perde a oportunidade de falar quando a pessoa vai a algum lugar desacompanhada. “Xi, olha lá, ele ainda está sozinho”. “Ela ainda está sozinha”. “Não pega ninguém!” e outras coisas mais. Mas uma coisa eu não entendo: se as pessoas veem um solteiro acompanhado (e essa pessoa não é um deus ou uma deusa), já saem falando: “Tá dando tiro para tudo quanto é lado”. “Tá apelando!”. “Baixou o nível...”. Sinceramente, isso é algo que não entra na minha mente.

Outra coisinha chata que sobra para o solteiro é quando a pessoa é romântica, escuta músicas com uma letra que contém uma história e “tals” e começa a postar frases nas redes sociais da vida (Twitter, Facebook, Orkut, Tumblr, etc...). É só colocar que já começam os comentários: “Oh, tá apaixonado!”, “tá apaixonada”, “Oooown”, “s2”. Quase tudo em tom irônico. Mas tem aqueles que juram que é verdade e você não consegue se explicar falando que não, não e não!

Alguns solteiros tem grandes laços de amizade com pessoas do sexo oposto. E isso é outro caso que intriga. Para se ter uma ideia, funciona assim (vou dar o exemplo de um garoto): um rapaz tem uma amizade muito forte com uma garota. Os dois são solteiros e sempre se veem, trocam presentes, tiram fotos, pegam cinema... tudo juntos. Mas é claro que vão começar os boatos de “olha os dois pombinhos.” “Ta namorando, tá namorando”. Não! As vezes as pessoas tem que saber  as coisas para não falar besteira sem saber.

Eu vou parar nesses três exemplos simbolizando o podium dos três primeiros colocados. Mas tem mais, muito mais...

Levando em conta que temos 17,1 milhões de solteiros no Brasil, é hora de nos unirmos para um apelo (poderíamos até criar uma campanha! Quem sabe?): ADOTE UM SOLTEIRO! Com todos os solteiros cooperando para a erradicação da classe, com certeza alcançaremos o progresso!

E já que eu comecei essa porcaria de texto (mais uma vez auto-estima 0%) com uma pesquisa do IBOPE, terminarei citando outro dado que pode nos servir de consolação: a mesma pesquisa aponta que 73% dos jovens solteiros estão almejando o sucesso em sua carreira profissional (trabalhando e estudando).

Dos males o menor: estou dentro desses acima, e você?

Um comentário:

  1. estou soltero meu email do facebook e Ademardeoliveira@hotmail.com ten alguma soltera ai minha idade 24 anos moro em Tunas do parana

    ResponderExcluir

Fala aí...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget