Postagens

Mostrando postagens de 2012

"Pause"

Olá galera!

Passando aqui para dizer que estou dando um "pause" nas atividades do blog Rodolfo Escritor. Gostaria de agradecer a todos que me prestigiaram e que me prestigiam passando por aqui para ler minha simples criações.

O motivo desse "pause" foi a minha vitória na disputa para colunista do blog "Os Desmandamentos". Portanto, no próximo ano, pelo menos, lá será minha nova casa literária. Quem quiser e puder visitar, eu e meus textos estaremos por lá esperando vocês...

Vou tentar passar por aqui de tempos em tempos, mas não sei se conseguirei. Bom, é isso! Obrigado mais uma vez.

Rodolfo Andradehttp://www.desmandamentos.com

Concurso "O Novo Colunista do Blog Desmandamentos"

Imagem
Olá galera! Passando aqui para dizer que eu sou um dos cinco finalistas do concurso que vai eleger o novo colunista do blog literário "Os Desmandamentos". É uma ótima oportunidade para minha carreira de escritor.

Estou participando com o poema "Poema das Músicas Internacionais" , que pode ser visto aqui no blog (http://rodolfo-escritor.blogspot.com.br/2012/01/poema-das-musicas-internacionais.html) ou no proprio blog "Os Desmandamentos".

A 2ª e última fase é de votação pela internet. A votação vai até quarta-feira (19/09) e quem tiver mais votos será o vencedor. Peço então a ajuda de vocês... Votem, divulguem, marque seus amigos no Facebook, mencione no Twitter, enfim... Toda e qualquer ajuda será bem vinda .

Eis o link para a votação: http://www.desmandamentos.com/p/concurso.html

Conto com a participação de vocês! Desde já, muito obrigado!
Rodolfo Andrade

Querido Diário (Parte 2)

Imagem
Querido diário, tudo bem? Eu sei que você não vai me responder, mas deve estar tudo bem, já que está ligado, me dando acesso à internet e tudo mais...
Enfim, falei que não voltaria mais por aqui, mas estou começando a gostar dessa ideia de conversar com você (risos). E sabe o que me traz aqui dessa vez? Sim, é ela novamente... Ah, minha garota. Cada vez mais sinto meu coração bater mais forte por ela. Mas o que será isso? Queria muito descobrir...
Sabe o que aconteceu dessa vez? Eu descobri mais uma qualidade entre as muitas que eu já conhecia: ela desenha. Mas, apesar de desenhar muito bem, não gosta de holofotes e sempre diz que não é pra tanto. Acredita que até isso me encanta? Esse jeitinho meigo me deixa tão... Ah, sei lá. Às vezes perco as palavras quando falo sobre ela.
Criei coragem e mostrei para ela tudo que escrevi aqui da última vez; ela gostou. E, sabe, eu fiquei muito feliz por isso. No mesmo dia que mostrei meus escritos para ela, tive a honra de poder ver seus desenho…

Ponto Final

Imagem
Ela é magrinha e usa óculos Ela é alta e... bem alta. Mas sei lá... Ela me atrai.
Por algum motivo ela me atrai. Motivo esse desconhecido por mim. Mas pra quê descobrir? Assim está bom.
Eles a chamam de feia. Eu não ligo. Afinal... A verdadeira beleza não vem de fora, Vem do coração.
A verdadeira beleza que eu sei que ela tem É isso! Talvez seja isso que esteja nos aproximando. É irreversível agora Eu a amo. E ponto final.

Amizade Entre Homem e Mulher

Imagem
É o seguinte: prometo que não vou prolongar esse texto, até porque eu estou com uma preguiça danada de escrever. Aí os leitores perguntam: “Porque está escrevendo?” Porque é necessário! Acho que não vou mais suportar vivenciar certas coisas e não escrever sobre elas...
Por favor, alguém aí me fala porque é tão difícil (diria quase impossível) acreditar em uma amizade entre homem e mulher? Alguém me diz porque que quando um casal de jovens amigos vai ao cinema, todos ficam achando e/ou comentando que vai rolar um “pega” no escuro? E por fim, alguém me conta o porque de tanta falação quando dois amigos saem abraçados passeando no shopping, ou no parque, ou seja lá onde for?
Como diria meu irmãozinho: “Ah, meu ô!”. Fala sério! E a coisa piora quando os dois amigos são solteiros. Mas eles são só amigos! É difícil entender isso, não é? E se cada um tivesse seu/sua namorado(a)... a galera toda ia dizer que era traição, chifre e coisas piores...
Acho que tudo isso só acontece porque a visã…

Arrepios

Imagem
Sabe o que é isso? São arrepios...
Arrepios causados pelas lembranças que ela me traz.
Lembranças ruins? Que nada! Longe disso...
Lembranças boas, muito boas dos momentos que passamos juntos sempre que nos vemos.
Suas mãos nas minhas, seus beijos calientes e sugadores feito beijos de cinema...
Ah seus beijos! Puts, como eu sou viciado naquela garota! Ela beija bem.
Ela me ensinou a beijar como eu sei hoje e, pelo que ela fala, aprendi muito bem a lição.
Quando a gente está sentado e eu passo a mão na sua coxa. Ah, ela pira...
Por um momento finge que não gosta e tira minha mão de cima da sua coxa com muita força, mas depois...
Depois ela mesmo leva minha mão novamente em direção a sua perna e começa a mexer de uma forma a me ensinar as curvas do seu corpo.
Tudo isso no escuro de uma esquina de rua abandonada ou na luz suave da lua na varanda da sua casa – nossos lugares preferidos.
Aquela varanda que já foi palco de tantos dos nossos amassos, de beijos longos, de puxões de cabelo e mordidas de …

Lance Armstrong - De Volta à Vida

Imagem
“Mais que um campeão do mundo, um campeão da vida.” É assim que destaca a capa de trás desse livro. Sabe por que? Simplesmente porque Lance Armstrong é sim mais que um campeão do mundo, um campeão da vida. Mas quem é Lance Armstrong? O que aconteceu com ele? O que ele fez para ser esse campeão da vida?
É o seguinte: Lance Armstrong é, nada mais nada menos, que um dos maiores ciclistas de todos os tempos, campeão sete vezes (o único a conseguir o feito) do Tour de France, considerada por muitos a prova de resistência física mais difícil do planeta. Além de ser o maior vencedor do Tour, venceu também um inimigo fulminante que nem todos conseguem vencer: o câncer.
Nesse livro emocionante e revelador, Armstrong conta tudo. Desde sua infância até o ano 2000, quando ganhou seu segundo Tour de France. Desde cedo ele já não gostava tanto de estudar, preferia praticar algum esporte. Começou com a natação, sendo meio que “humilhado” no time B de onde ele treinava. Provou para todos que era c…

Cedo ou Tarde

Imagem
Cedo ou tarde a gente vai se encontrar, tenho certeza numa bem melhor...”
Realmente, é o que eu mais quero! Dizem que a primeira namorada a gente não esquece; mas no meu caso eu não esqueci da minha primeira “quase” namorada. Você foi a melhor coisa que me aconteceu e eu fiz questão de nunca esconder isso... Até mesmo depois da nossa “separação” (inexplicável separação!). Não é preciso mais do que um parágrafo para dizer que, se eu pudesse, correria agora para os seus braços, pois você me marcou, garota. O tempo passa, as pessoas mudam, mas você continua no meu coração. Só tenho boas recordações de você, das nossas conversas... E se eu pudesse (ah se eu pudesse!) voltaria no tempo. Voltaria até chegar em você e “lutaria” mais; pois hoje sofro por ter desistido tão rápido após as circunstâncias que culminaram nisso tudo, na nossa “separação”. Para encerrar, eu te deixo um recado: Meu amor, cedo ou tarde a gente vai se encontrar...

Não Posso Parar

Imagem
Vários amigos escritores já me falaram que é normal ficarmos um tempo sem escrever, sem ter inspiração. Para quem estava escrevendo loucamente como eu há quase dois anos, confesso que essa fase sem inspiração está me assustando.
É o seguinte: desde que comecei a criar textos para o blog são criações e mais criações, texto e mais textos surpreendentes até para mim; acredite se quiser. Escrevi ficção, realidade, ficção com realidade, artigos, textos reflexivos e agora me encontro nessa situação: totalmente sem inspiração. E logo agora que comecei meu projeto de escrita de um livro de contos... Não, eu não posso desistir nesse momento. Eu não posso parar!
Poxa, escrever é uma paixão que eu tenho e não escondo de ninguém; zoem o quanto quiserem, pois uma das minhas marcas é sempre zoar junto. Digo sem meias palavras: EU AMO ESCREVER! E nesse mundo da escrita, há muitas pessoas que me incentivam, assim como também há muitos que desprezam totalmente o que eu faço e não estão nem aí. Quem s…

Resumindo a Vida

“Nasci, cresci, morri. Sabedoria nesse meio termo adquiri, momentos vivi e disso nunca esqueci.”

A Rainha do Castelo de Ar

Imagem
E chegamos então ao último livro da Trilogia Millenium. Emoções da primeira à última página, assim como nos outros dois livros da série. Stieg Larsson encerra magistralmente sua Trilogia Best-Seller Mundial que já conta, mais ou menos, com 50 milhões de livros vendidos. Depois de terminar o 2º livro (A Menina Que Brincava Com Fogo) quase morta com uma bala na cabeça, Lisbeth Salander passa praticamente toda a história do 3º livro no hospital em Sahlgrenska. Mas não é por conta disso que a história se torna monótona, muito pelo contrário. Junto com ela, seu pai - que ela já havia tentado matar duas vezes -, Alexandre Zalachenko - espião russo que viveu protegido na Suécia durante mais de trinta anos. A causa dos ferimentos na cabeça dele fora a machadada que Lisbeth havia lhe dado afim de matá-lo. Lisbeth estava sendo indiciada por várias e várias coisas e seria julgada assim que estivesse recuperada. Enquanto ela estava internada, travava-se uma verdadeira guerra do lado de fora por…

A Menina Guerreira

Imagem
Taís. Essa é a garota!
Estudante de nutrição, dezoito anos, belíssima com seus cabelos longos e seu olhar penetrante, sem time de preferência, fã incondicional do Metallica e guerreira. Literalmente guerreira.
De segunda a sexta ela pega no batente as 8h, mas, para isso, acorda as 5h30 e toma dois estressantes metrôs super-lotados. Eu nunca vi uma garota com tanta força, com tanto gás como ela. Sei lá, parece que ela é incansável!
Seu horário de estágio vai das 8h as 13h; ela gosta desse horário e também da empresa. Pretende seguir carreira por lá. De segunda, quarta e sexta, sai correndo para entrar as 14h em outro estágio obrigatório. Droga de faculdade! Pra quê tanto estágio obrigatório?
Sim, ela é uma guerreira, mas é que as vezes tudo se torna tão estressante que se tem vontade de socar algumas pessoas até elas sangrarem. Justamente quando está assim, ela vai até a academia do irmão, coloca as luvas e vai treinar boxe para descarregar um pouco a adrenalina. O irmão já sabe que q…

Apaixonados e Suas Músicas VIII

Imagem
Amor, eu sinto a sua falta” (Nando Reis – Por Onde Andei)
Ninguém pode ler pensamentos, mas se pudesse, veria qual meu estado de espírito nesse exato momento. Eu que sou um iceman por fora, estou com meu coração na mão por causa do erro que cometi. Erro que não poderia ser cometido de maneira nenhuma, principalmente por um cinquentão experiente como eu.
Eu traí. Confesso: eu traí. E estou arrependido do que fiz. O que vai dizer minha esposa que é fiel a mim desde que estamos juntos? Eu traí a confiança dela e acho que não tem mais volta. Estou voltando do motel a essas horas – são 23h18. O que ela vai me perguntar quando eu chegar em casa? Só desejo, pelo menos, que nossos filhos estejam dormindo.
Espero que ainda dê tempo de dizer que andei errado”
Essa música tocando no rádio, o vento batendo no rosto, as lágrimas descendo. Algo me diz que ela não vai me querer mais em casa e a falta dela já é sentida por mim, antes mesmo da separação. Como diz a letra, só espero que ainda dê tempo…

Apaixonados e Suas Músicas VII

Imagem
Tenha um pouco de fé” (Jessie J – Casualty Of Love)
Oh meu amor, só eu sei como você está. Toda a frustração que você está passando agora pertence a mim. Quando nos casamos, eu disse "sim" para saúde e doença; alegrias e tristezas e pode ter certeza que eu vou sempre estar do seu lado.
Todos passam por um momento ruim na vida - ou mesmo vários -, mas você é forte; sei que vai conseguir. Quando nos casamos, há três meses tudo estava as mil maravilhas na sua vida: um bom emprego, família estruturada, saúde estável. Mas tudo desmoronou de repente e hoje assim está você: sem emprego após a empresa em que você trabalhava falir, uma anemia que está te fazendo mudar muito seus hábitos e sofrer com isso. E o pior: ter que lidar com o falecimento do seu pai por conta de um ataque cardíaco. É, as coisas não estão nem perto de ficar tudo bem.
"Basta fechar os olhos, pegar minha mão".
Mais uma vez repito: I'm here!. Sim, eu estou aqui para o que der e vier e pode ter certez…

Apaixonados e Suas Músicas VI

Imagem
“Você só precisa de amor” (Jason Mraz – Up)
E aqui estou para dar todo o amor que você precisa! Sem você não tem mais graça viver, não tem sentido acordar com um sorriso no rosto, ou então sair desejando bom dia para todo mundo. Ouça a música, sinta a mensagem que ela lhe passa... Você só precisa de amor e eu estou aqui. Oh meu doce amor, renda-se aos meus sentimentos e vamos juntos passar por tudo o que o destino nos reserva.
"Você pode simplesmente amar qualquer coisa no seu destino".
E que tal me amar? Veja tudo ao seu redor; depois faça o balanço. Eu sou o seu destino, você é o meu destino. Nascemos um para o outro e, mais cedou ou mais tarde, nós iremos ficar juntos, nem que seja no último dia de nossas vidas. Eu te amo e nada vai mudar isso.
Eu só preciso de uma chance para mostrar que nós nascemos para ficar juntos. Uma chance. Aquele dia da roda gigante eu nunca vou esquecer... Relembrando a cena chega até a ser engraçado: nós dois prestes a nos beijar quando você inve…

Apaixonados e Suas Músicas V

Imagem
“Acordei com o som de uma chuva torrencial que levou embora um sonho sobre você”. (Skid Row – I Remember You)
Porque eu fui acordar daquele sonho? Estava tão bom... A gente estava se entendendo, tudo girava ao nossos favor. A gente ia ficar junto para sempre, mas não... Eu acordei com aquela chuva. Normalmente, nós esquecemos os sonhos, mas esse... Ah, esse eu não esqueci nenhum detalhe! Você sempre marcou presença na minha vida e lembrar de você depois de tanto tempo em um sonho tão lindo, para mim, foi muito gratificante. Mas tudo acabou. Eu acordei... "O vento sussurrava e eu pensei em você". Assim começou o sonho: eu estava na praia em um dia sem sol, mas com um vento perfeito. De repente você me veio à mente. Eu sorri. Abri os olhos e, como num passe de mágica, ali estava você, bem na minha frente com cabelos soltos, óculos escuros e sorrindo para mim. Ficamos nos olhando por um momento, até que você me estendeu a mão e eu levantei. Isso pode soar irônico, mas eu, no sonh…

Ela Disse Sim

Imagem
Que coisa mais maluca, não? Eu já estava deitado, ouvindo a última música do dia (ou da noite, no caso) quando me surge essa inspiração maluca de escrever algo sobre ‘eu e ela’. Agora vem a parte mais difícil: o que escrever?

A música inspiradora é “Marry Me” (Train) e depois de pensar um pouco, decidi escrever sobre o dia em que a pedi em casamento. Relação total com a música, não é?

Depois de conhecê-la em uma festa começarmos a conversar, sairmos, namorar e depois noivar... Era chegada a hora da melhor e mais difícil decisão da minha vida. Digo difícil pela minha timidez, pois pedi-la em casamento exigiria uma porcentagem mínima, para não falar zero, de vergonha para tudo sair bem bacana.

Eu não sou de fazer maluquices, mas queria fazer algo diferente, que impressionasse. Sem ideias, pedi ajuda ao meu irmão. Ele pensou, pensou, pensou... E enfim me falou:

--- Mano, eu tive uma ideia, mas ela é realmente louca e você vai ter muita coragem.

--- Estou dentro!

Só para dar uma noção geral p…

Dia das Mães Sem a Mãe

O dia das mães está aí. Qual é a graça de passa-lo longe da sua? Essa, para mim, é a data mais triste do ano. Estranho seria se fosse a mais feliz, não é?
A caneta escorrega lentamente pelo papel, não vêm inspirações para escrever. Minha mãe é meu porto seguro, a mulher em que em mais confio e... e já estamos longe desde dezembro de 2007.
Meus pais se separaram em 25 de julho de 2004 (me lembro como se fosse hoje). Foi um grande choque para mim; sofri demais à época, e preciso confessar: talvez sofro até mais nos dias de hoje. Fiquei com meu pai até 07 de janeiro do ano seguinte, quando fui morar com a minha mãe e passar os três melhores anos da minha vida.
Depois, em 2007, vim para cá e nunca mais voltei. Minha vinda a São Paulo teve como finalidade a minha vida profissional e posso dizer que tenho lentamente cumprido aqui meus projetos.
Mas nada se iguala a ter a mãe do lado; a ‘véia’, como eu costumo chamá-la. Cinco anos sem férias, provavelmente se encaminhando para sete. SETE. S…

Você Fez Isso!

Imagem
Você fez isso, porra! Eu confiei em você, eu me entreguei à você e... Não acredito até agora no que aconteceu!
Você realmente fez isso; destruiu a nossa família. E tudo em troca de quê? De uma noite na cama com o nosso vizinho? Que merda! Você não pensou na gente. Não, não e não!
Eu já sabia que aquele filho-da-mãe do nosso vizinho ficava te observando e foi por isso que eu mandei colocar cortinas no nosso quarto. Ou você não sabia que todo dia ele ficava te olhando quando você ficava nua para se trocar? Pelo jeito sabia... Mas depois do que você fez não confio mais em nenhuma palavra que você me disser.
Você acha que vou me esquecer daquela cena? O único dia em que eu tive que trabalhar à noite e você aproveita para deitar com aquele traste na nossa cama? Não, eu não vou esquecer! E lembrar que momentos antes eu ia tranqüilamente no carro ouvindo uma estação de rádio que havia descoberto naquele mesmo dia: a “Jazz Music Station”. Som alto, sorriso no rosto e cantando junto minhas mú…

Querido Diário

Imagem
Querido diário digital, tudo bem com você? Eu sei que é estranho um garoto da minha idade escrever em um diário, mas digamos que essa é uma super-exceção. Sabe o que é? É que eu não tenho liberdade para falar sobre esse assunto com meus amigos, além de não querer. Eu acho isso meio pessoal, se é que você me entende... Juro que não vou demorar muito e ah, essa ideia de diário digital é ótima! É só abrir o Word e mandar ver. Então lá vou eu...

Meu caro computador, sei que você não vai responder às minhas perguntas, mas será que...? Ai que vergonha! (risos). Nunca conversei esse assunto com ninguém, de forma que você é o primeiro e talvez o único. Tá curioso, não é? Está bem, eu vou parar de enrolar.

É uma garota (oooooh). Sim, uma garota. E a cada dia que passa, para mim, ela vai se tornando a garota. A gente faz curso junto e nos vemos uma vez por semana. As duas vezes em que ela faltou, senti muito a falta dela; bateu saudades. Será que isso é um sinal?

O engraçado é que a gente estudav…

Causos do Transporte Público

Imagem
Geralmente quando se ouve falar em transporte público, já passa um frio na espinha de muita gente que lembra que, no dia seguinte, já vai ter que encarar essa jornada novamente. Ônibus, metrô, trem e se bobear até os táxis futuramente...

Vamos fazer uma perspectiva do dia de um trabalhador: o cidadão acorda as quatro da “matina” (suponhamos que esteja frio), lava o rosto com aquela água importada (do Alasca!), toma aquele cafezinho quentinho e finalmente sai de casa com duas calças, três blusas e ainda munido de luvas e touca. Primeiro ônibus: o ponto dele é o segundo, mas já acabaram-se os bancos... Então ele tem que ir em pé. Consegue estacionar em um lugar razoavelmente perto da saída e o ônibus começa a encher, encher, encher... De repente aquilo se torna uma lata de sardinha (não pior que seu próximo transporte). Enfim ele desce e vai para a estação pegar um metrô. No metrô é o seguinte: só entra quem é bom! Se não tiver estrategicamente posicionado, a pessoa nem entra. Mas nosso…

Um Apaixonado Agradece

Imagem
Porque as coisas para mim são sempre mais difíceis? Que droga! Tudo (eu disse tudo mesmo!) que eu planejo dá errado... Estou cansado disso!
Mas entre todas as dificuldades, tem uma que está me matando aos poucos: aquela garota. A mais linda, a mais inteligente, a garota! Tenho que admitir que meu estilo é, digamos, diferente: poucos amigos, solitário, passeios diferentes... Meio difícil conquistar uma pessoa para ficar do seu lado com essas características. De repente eu me pego amando. Que sensação bacana! Mas como sempre, há algo de “errado”.
Difícil encontrar uma garota com meu estilo e quando isso acontece ela está longe de mim? Separados por km e km de distância meu coração chora, grita ansioso pela sua presença junto a mim.
Hoje, tudo que eu mais quero é amá-la! Poder dizer, olhando nos seus olhos, o quanto gosto dela, o quanto queria que ficássemos juntos... Poder abraça-la, pegar sua mão e sairmos pela rua; um lindo casal de namorados. Ela me faz feliz, mesmo a distância. Ah,…

Feedback - Especial 100 posts

De onde vem tanta inspiração? Digo "tanta" pq ñ 100 posts em apenas um ano de blog (o Rodolfo Escritor faz niver em abril), pra mim, é uma marca mt bacana. Desses 100 posts, foram 2 vídeos e + 3 q ñ são textos. O resto é criação.

Tentando responder a pergunta, fiz 1 levantamento dos textos q escrevi desde o ano passado até esse exato momento e nomeei, pra melhorar + a situação, 6 categorias pra vcs verem de onde vem essa inspiração toda... rsrs

São elas: dia-a-dia, pessoal, tristeza, sem explicação, garotas e músicas.

Um texto pd ser encaixadoem uma ou + categorias; varia mt da situação e da inspiração q tive p/ criá-los... Eu ia colocar aki só o total, + decidi deixar a lista inteira pra vcs apreciarem...


INSPIRAÇÕES
Atlântica, a Menina da Floresta: dia-a-dia Só Mais Uma Chance: músicas Os Filhos Sempre Sofrem Mais: músicas Ao Lado de um Grande Homem: dia-a-dia Com Você: músicas Um História Com Um Final Não Feliz: dia-a-dia, tristeza, pessoal Abraço de Amigo: dia-a-di…

Tarde Demais

Imagem
Eu não imaginei, nem me passou pela mente que a nossa história fosse tomar esse rumo tão dramático para mim. Não houve mortes, nem sequestros como acontecem em alguns romances... Aliás, houve uma morte: meu sentimento por você.
Te conheci por um acaso durante um atendimento onde eu trabalho. Você foi até lá para comprar uma rasteirinha tamanho 37, cor rosa. O atendimento ocorreu normalmente e ao fim, você me pediu meu numero de telefone e disse que havia me achado muito bacana. Eu agradeci, retribuí o elogio e, depois de passar meu numero, peguei o seu para mantermos contato. Nenhum de nós sabia, mas ali começava uma dramática história.
À noite, quando cheguei em casa, lembrei de você: seus cabelos morenos, sorriso metálico, maquiagem moderada, roupas discretas... Me peguei sorrindo e percebi que um sentimento estava nascendo. Peguei meu celular com o propósito de te ligar; disquei os números, mas me faltou coragem. Decidi deixar o tempo resolver as coisas.
No dia seguinte, uma surpr…