Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

Feedback - Especial 100 posts

De onde vem tanta inspiração? Digo "tanta" pq ñ 100 posts em apenas um ano de blog (o Rodolfo Escritor faz niver em abril), pra mim, é uma marca mt bacana. Desses 100 posts, foram 2 vídeos e + 3 q ñ são textos. O resto é criação.

Tentando responder a pergunta, fiz 1 levantamento dos textos q escrevi desde o ano passado até esse exato momento e nomeei, pra melhorar + a situação, 6 categorias pra vcs verem de onde vem essa inspiração toda... rsrs

São elas: dia-a-dia, pessoal, tristeza, sem explicação, garotas e músicas.

Um texto pd ser encaixadoem uma ou + categorias; varia mt da situação e da inspiração q tive p/ criá-los... Eu ia colocar aki só o total, + decidi deixar a lista inteira pra vcs apreciarem...


INSPIRAÇÕES
Atlântica, a Menina da Floresta: dia-a-dia Só Mais Uma Chance: músicas Os Filhos Sempre Sofrem Mais: músicas Ao Lado de um Grande Homem: dia-a-dia Com Você: músicas Um História Com Um Final Não Feliz: dia-a-dia, tristeza, pessoal Abraço de Amigo: dia-a-di…

Tarde Demais

Imagem
Eu não imaginei, nem me passou pela mente que a nossa história fosse tomar esse rumo tão dramático para mim. Não houve mortes, nem sequestros como acontecem em alguns romances... Aliás, houve uma morte: meu sentimento por você.
Te conheci por um acaso durante um atendimento onde eu trabalho. Você foi até lá para comprar uma rasteirinha tamanho 37, cor rosa. O atendimento ocorreu normalmente e ao fim, você me pediu meu numero de telefone e disse que havia me achado muito bacana. Eu agradeci, retribuí o elogio e, depois de passar meu numero, peguei o seu para mantermos contato. Nenhum de nós sabia, mas ali começava uma dramática história.
À noite, quando cheguei em casa, lembrei de você: seus cabelos morenos, sorriso metálico, maquiagem moderada, roupas discretas... Me peguei sorrindo e percebi que um sentimento estava nascendo. Peguei meu celular com o propósito de te ligar; disquei os números, mas me faltou coragem. Decidi deixar o tempo resolver as coisas.
No dia seguinte, uma surpr…

Amor Diferente

Imagem
--- Você é bem tímido, não é?

Tudo começou com essa pergunta; nunca me esquecerei dela. Aliás, como posso esquecer as primeiras palavras que você me disse?

A resposta para essa pergunta é: simplesmente, não dá! Como posso esquecer também os nossos primeiros olhares (antes mesmo de nos falarmos pela primeira vez)? Não dá!

Com você aprendi desde o começo em dar valor aos detalhes, e é por isso que, quando puxo na mente, até consigo ouvir o doce som da sua voz falando comigo pela primeira vez. No momento, é claro que nem liguei e nunca (jamais!) imaginei que iriam acontecer tantas coisas nas nossas vidas... Realmente, foi tudo uma surpresa; uma surpresa agradável!

Desde que nos conhecemos na faculdade e nos tornamos amigos (e isso foi já na segunda conversa), seu jeito me marcou. Sei lá, talvez por você ser tão meiga, ter uma voz tão suave e doce ou pelo seu jeito carinhoso. Não sei responder. Deve ter sido um mix de tudo.

Nossa estranha mania de trocar frases marcantes por mensagem de texto…

Poema Misterioso

Imagem
O que aconteceu com a gente? Juro que não sei! A gente era tão feliz, Formávamos um casal tão lindo...
Um casal de jovens, Talvez o mais lindo e mais feliz. Mas algo aconteceu... O que exatamente?
Suspeito que a resposta nunca descobriremos.

Você Vai Morrer

Imagem
Meu nome é John. John Snick. Sou psiquiatra e também de alguns casos estranhos que atendo em minha clínica. Normalmente guardo meus textos só para mim; sei lá, não tenho vontade de mostrar para o público o que acontece com meus pacientes. Faz parte da minha ética profissional. Mas sinto que preciso expor os fatos, pelo menos dessa vez. Acontecimentos sem explicação desencadearam um final trágico. Usarei nome fictício para preservar a identidade da família.
Mary Nill era minha cliente desde os nove anos de idade, quando um trauma (um acidente em sua casa) trouxe a ela a necessidade de passar regularmente no psiquiatra. Nesse “acidente”, ocorreu que ela ficou presa no banheiro quando seus pais não estavam em casa – isso foi o dia inteiro. Quando eles a encontraram, ela estava em estado de choque, tremendo... Exames clínicos comprovaram que ela ficou abalada psicologicamente. Na época, o estrago feito pelo acontecimento foi um pouco grave, mas como o passar dos anos, tudo foi voltando a…

A Menina Que Brincava Com Fogo

Imagem
Dag Svensson; jornalista free-lancer. Mia Bergman; analista. Nils E. Bjurman, tutor de Lisbetuh Salander. Três assassinatos, um elo: mortos pela mesma arma contendo as digitais de Salander. Começa aí o clímax do segundo livro da Trilogia Millenium. Stieg Larsson mais uma vez supera expectativas e, se você gostou de "Os Homens Que Não Amavam as Mulheres", com toda certeza irá adorar "A Menina Que Brincava Com Fogo" Depois de descobrirem juntos um assassino em série na família Vanger e "ressuscitar" Harriet Vanger; Mikael Blomkvist e Lisbeth Salander começam a história sem se falar. Lisbeth, por algum motivo, cortou todas as suas relações com Blomkvist: não responde e-mails, nem cartas e nem quer vê-lo sequer pintado de ouro! Ele tenta de todas as formas (e mais algumas) e não consegue falar com ela. Até que decide respeitar a opinião ela e seguir sua vida. A Millenium, em alta depois do lançamento do livro bombástico de Blomkvist sobre os "podres&quo…