Feed Rodolfo Escritor

segunda-feira, 6 de julho de 2015

A insegurança das garotas nos relacionamentos


Hoje em dia trair é algo normal. Mas chegamos a um ponto que é tão normal, que quando a pessoa não trai, ela sofre com a insegurança do(a) parceiro(a). Mas não pense que é algo pessoal com você, caro amigo leitor. Isso nada mais é do que medo de que o que aconteceu no passado venha a se repetir. Claro, há grandes chances, pois grande parte das pessoas são infiéis, mas isso não quer dizer que realmente vá acontecer com você e que você será trocado ou trocada.

As mais inseguras em relacionamentos são as mulheres, pelo simples motivo de levarem o passado em suas mentes e não conseguirem esquecê-lo de jeito nenhum, independente do que o namorado atual faça para que isso venha a acontecer. Não tiro a razão delas de serem inseguras, porque a vida é realmente cruel às vezes e nos dá umas pancadas que doem para caramba e o anticorpus que todos criamos é tentar nos blindar para que o que aconteceu não venha a se repetir. Mas isso é culpa de quem? Dos filhos-da-puta do ex-namorados dessas garotas. Que fizeram toda a merda na vida delas, que as traíram, as trocaram, as jogaram para escanteio... E depois deram um famoso “pé na bunda” delas, consequentemente, traumatizando-as se não para o resto da vida, eu diria que por um bom tempo.

Mas existem caras legais, caras bacanas, à moda antiga e que jamais fariam isso com uma garota. Garotos que se aproximam, começam a gostar, se apaixonam e passam a amar suas garotas. Um amor legal, bonito de se ver, mas que, de vez em quando, empaca, trava, dá tiute e o coitado nem sabe o porque... Alguns morrem sem saber o porque isso acontecia, pois se casou com a mulher e ela não contou-lhe tudo sobre o seu passado. Por falar em passado, vou abrir um parênteses aqui nesse texto para falar que quem vive de passado é museu (e isso vale principalmente para as sofridas meninas), mas que, para um relacionamento mais interessante, é bem melhor que ambos contem sobre seu passado e não escondam nada, para que, ao surgir uma crise ou uma situação um pouco mais tensa, o cônjuge saiba como tratar aquilo sem magoar a outra pessoa.

É muito importante sabermos o passado dos(as) nossos(as) companheiros(as). Mas, no caso das mulheres, é preciso esquecê-lo para não o envolver em seu relacionamento atual, o que causa um clima chato, porque homem nenhum gosta de ouvir falar de ex, assim como mulher também não gosta e, cá para nós, também sente um ciúme da porra! Brincadeiras à parte, o ideal é encontrar a medida certa do namoro (ou do casamento, que seja), tratando principalmente do presente e planejando um futuro com a pessoa que está contigo hoje e que certamente gosta de você a ponto de aguentar seus defeitos por muitas vezes sem sequer reclamar.

Meninas, avaliem o cara que estão saindo, ficando, namorando, noivas ou casadas. Veja se ele merece mesmo que vocês lembrem só dos sofrimentos do passado e desconfiem que ele vá fazer igual. Analise bem, talvez ele não seja assim, talvez seja um cara diferente que só quer te fazer feliz e te amar a vida inteira. Há pessoas boas e ruins nesse mundo, há caras honestos e fieis que nunca te trocariam por outra, nem que essa outra seja ainda mais gostosa que você, e também há aqueles pilantras mais safados que existem, que só querem de você seu belo corpo e noites de sexo e que, quando enjoam, vão atrás de outra. Analise o tempo que passaram juntos, veja se ele te deu motivos para desconfiar ou se, ao contrário da maioria, ele é do bem e se você está se deixando levar pelo passado não acreditando na índole dele por causa dos seus outros companheiros.

Meninos, tenham calma com as meninas, pois seu(s) antecessor(es) pode(m) não ter sido tão gente boa como você é. Garotas são inseguras por natureza e a maioria é devido ao seu passado; temos que ter paciência com isso e fazer disso um motivo a mais para provar para ele que você é diferente dos outros e que realmente gosta muito dela. Para que os que são cafajestes, filhos-da-puta aproveitadores, pensem no que já fizeram e se querem se casar um dia. Veja se não é preciso mudar e partir em busca de um verdadeiro amor...


Como diriam os tuiteiros de plantão: #FicaaDica 

3 comentários:

  1. Oi! Tudo bem, guri?

    Conheci o seu blog através do MMD, da Abuchaim e cheguei bem por aqui, hein? Seu texto está demais e você escreve de um jeito tão incrível! Me identifiquei bastante com o tema que retratou, embora não tenha sido traída de fato. Esse tal de passado tem o poder de tomar conta dos outros tempos que nos compreendem de uma maneira assustadora...

    Um beijo,
    Doce Sabor dos Livros docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá guria! Tudo bem e você?
      Ei, primeiramente obrigado por ler e mais obrigado ainda por gostar e comentar! É bom saber quando alguém gosta do que eu escrevo! Fiquei muito feliz, de verdade *-*
      beijos!
      Rudolf

      Excluir
  2. Olá!!!
    Te enviei um convite no diHITT!!! Seguindo teu Blog!!! Um abraço!!!
    http://www.luceliamuniz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Fala aí...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget