Feed Rodolfo Escritor

terça-feira, 31 de maio de 2011

Eu Não Entendi

Abro o caderno para escrever. Tiro a caneta do bolso e começo.
De repente... doze badaladas no sino da igreja: é meia-noite. Essa que é uma estranha noite que o sono não vem, mas vêm outras coisas: sem explicações, começo a pensar em todas as garotas que me fizeram a cabeça: E., S., T., C.,D., D., P., J., J., J., L., ...

Porque elas me vêm a mente justo agora? Sei lá! Só lembro de todas as lições que ganhei gostando de todas elas e hoje estar aqui, sozinho.
Cada ato equivocado, cada brincadeirinha fora de hora, cada erro, me fez tomar um pé na b...de cada uma delas. Raiva? Jamais! Pelo contrário, eu preciso ser corrigido para saber quando estou errando.

De todas essas, apenas uma gostou realmente de mim e serei eternamente grato por toda alegria que ela me forneceu.

E enquanto eu penso como terminar esse texto, me lembro então que hoje estou sozinho, sem carinho, com o coração partido e esperando alguém para amar.
Desisto, depois desse pensamento, acho que termino por aqui...Entendeu? Nem eu!

2 comentários:

  1. Muito bom...rs
    Fica tranquilo...O amor vai chegar

    ResponderExcluir
  2. "Amores" são sempre assim, às vezes, um caso sério. rs!
    A vida se encarrega de levar, como também se encarrega de trazer, num presente esperado que está no futuro.
    Texto ótimo, parabéns!

    ResponderExcluir

Fala aí...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget